Voltar

Você está em: Página inicialInstitucionalNotícias › Experimento com canola floresce na fazenda experimental do Unibave

Notícias

Experimento com canola floresce na fazenda experimental do Unibave

27 de setembro de 2018

Alguns projetos de pesquisa desenvolvidos pelo curso de Agronomia do Centro Universitário Barriga Verde – Unibave são coordenados pelo professor Ricardo Miotto. Atualmente, uma destas pesquisas está relacionada a adaptação em diferentes espaçamentos da Canola, grão usado para extração de óleo.

Neste projeto, o professor avaliará o potencial de produção de canola na região. Estão sendo testadas duas cultivares de canola, diamon e hyola, com espaçamentos de 51 e 17 cm, com o intuito de verificar a influência da diferença de espaçamento nas mesmas, avaliando os seus componentes de rendimento (população final, contagem das síliquas, altura de plantas, quantidade de ramificação, peso de mil grãos, produtividade final, etc).

Durante esta semana houve a floração da canola, o que segundo o professor, é um bom indicativo de sua adaptação. “A importância desta pesquisa está em verificar se o cultivo de soja na região pode ter a canola como alternativa de rotação de cultura”, constatou Miotto.

Conforme o professor Miotto, a verificação da adaptação da canola em diferentes espaçamentos se dará por dois anos, em seguida, será analisado o comportamento da soja em rotação com a canola, se esta for satisfatória poderá se apresentar uma alternativa para rotação de cultura na região sul do estado.

Para a coordenadora do curso de Agronomia do Unibave, “o desenvolvimento destas pesquisas só reforça o comprometimento que o curso tem com o desenvolvimento regional, trazendo alternativas viáveis para os produtores e permitindo assim a sua permanência no campo”.