Cursos de Psicologia e Enfermagem promovem ações em alusão ao Setembro Amarelo | Unibave
Voltar

Você está em: Página inicialInstitucionalNotícias › Cursos de Psicologia e Enfermagem promovem ações em alusão ao Setembro Amarelo

Notícias

Cursos de Psicologia e Enfermagem promovem ações em alusão ao Setembro Amarelo

08 de outubro de 2019 - , , ,

Nos dias 17 e 26 de setembro, o Centro Universitário Barriga Verde – Unibave, por meio dos cursos de Psicologia e Enfermagem, promoveu ações em alusão ao Setembro Amarelo, campanha de prevenção ao suicídio.

No dia 17, os acadêmicos do Unibave foram acolhidos com algumas ações de integração no hall da Pró-Reitoria de Ensino. Dentre as atividades, em um ambiente musical, eles degustaram chá, interagiram com colegas e assistiram vídeos informativos sobre a prevenção ao suicídio. Outra atividade interativa foi o “Correio do Bem”, em que os acadêmicos, docentes e funcionários, enviaram mensagens de carinho para os colegas, amores e amigos.

Já no dia 26, aconteceu o evento intitulado “Crianças e adolescentes na escola: lidando com as emoções”, que reuniu professores da rede municipal e particular de educação dos municípios de Orleans e Lauro Müller, acadêmicos, egressos dos respectivos cursos, profissionais da saúde e assistência social, para importantes debates sobre aspectos socioemocionais de crianças e adolescentes no período escolar. As discussões foram mediadas pelas psicólogas Maria Eduarda Pacheco (Ambulatório Saúde Mental Içara/Docente Unibave) e Gabriela Fernandes (NAFS Orleans), e as voluntárias da Rede de Proteção à Vida, as psicólogas Cristiani Meira Alves e Andréia da Silveira Gonçalves.

As ações tiveram o objetivo de contribuir com a interação da rede municipal de saúde, assistência social, educação e universidade, visando a promoção da saúde. E também d promover debates sobre a problemática do suicídio enquanto problema de saúde pública, na universidade, escolas, demais entidades e locais de interesse e ainda orientar professores da rede municipal e estadual de ensino quanto a escuta, acolhimento e encaminhamento de crianças e adolescentes para a rede de atenção à saúde mental.

De acordo com as coordenadoras dos cursos de Psicologia e Enfermagem, as ações atingiram os objetivos propostos. A integração entre acadêmicos, docentes e comunidade foi fundamental para que tudo acontecesse dentro do planejado. Espera-se ainda, que a rede entre a universidade, o poder público e a comunidade se fortaleça cada dia mais para a promoção de ações que atendam as demandas da sociedade.